Marrom e Bege Simples e Circular Igreja Logotipo (1).png

COMIPA

DIOCESE DE UBERLÂNDIA

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES

 

TERMO CONSTITUTIVO DO CONSELHO MISSIONÁRIO PAROQUIAL

COMIPA - DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES

 

1- PREÂMBULO

 

De acordo com as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019- 2023, elaboradas pela CNBB e listadas no Documento n.o 109, a Diocese de Uberlândia elaborou o Plano Pastoral 2020-2023. Neste plano, objetivando à uma evangelização

continuada, estabeleceu-se que essa Igreja, nossa casa, está construída sobre 4 pilares, quais sejam: Palavra, Pão, Caridade e Ação Missionária.

 

Os encaminhamentos práticos para o pilar da ação missionária são:

- criar os Conselhos Missionários Paroquiais (COMIPAs);

- adotar a metodologia das Santas Missões e fomentar visitas missionárias;

- criar e formalizar as diaconias rurais e urbanas em áeras descobertas pela

evangelização.

Dessa forma, em cumprimento ao Plano Pastoral 2020-2023, criou-se em janeiro de 2021, na paróquia Nossa Senhora das Dores, na cidade de Uberlândia – MG, o Conselho Missionário Paroquial – COMIPA.

 

 

3- ESTRATÉGIA DA MISSÃO: VER, JULGAR E AGIR/AVALIAR

 

- Ver: apresentar como marco referencial os documentos que esclarecem sobre o grau de missionariedade nas ações e promoções paroquiais.

- Julgar: discernir com os olhos em Jesus o nosso agir pessoal, pastoral e comunitário.

- Agir: tomar atitudes de auto avaliação e coragem para mudar o que é necessário, favorecendo, sempre, a ação evangelizadora.

- Avaliar: criar instrumentos de avaliação qualitativa e quantitativa da ação missionária desenvolvida, desde a seleção e formação de missionários; a inserção e participação comunitária dos paroquianos e até o atendimento prestado pela visitação domiciliar.

 

4- OBJETIVOS:

 

a) Geral:

- Promover a organização da ação missionária paroquial e a formação de discípulos missionários para o trabalho de evangelização comunitária.

 

DIOCESE DE UBERLÂNDIA

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES

 

b) Específicos:

- Coordenar a ação missionária paroquial, promovendo a integração de todas as pastorais e movimentos;

- Promover e gerar iniciativas de diálogo e crescimento da consciência missionária nas lideranças;

- Formar discípulos missionários para o trabalho de evangelização a domicílio;

- Articular a dimensão missionária como prioridade junto aos Conselhos que compõem a estrutura da paróquia;

- Identificar e estimular estratégias para animação missionária na comunidade paroquial.

 

6- COMPOSIÇÃO

 

- Padre Márcio - Coordenação da Ação Missionária Paroquial;

- Diácono Antônio Marciano - Coordenador do Conselho Missionário;

- Carla - Secretária;

- Acessores, Alcides, Ascânio, Diácono José Carlos, José Dantas, Marcos.

Posteriormente serão chamados para compor o conselho os representantes das pastorais e movimentos da Paróquia.

 

7- ATIVIDADES

 

- Identificar as iniciativas de animação missionária já realizadas em sua paróquia;

- Enfatizar a importância da dimensão missionária na vida pastoral, litúrgica, catequética, administrativa da paróquia;

- Oferecer formação missionária para todas as forças vivas da paróquia;

- Convocar representantes das comunidades, pastorais, grupos e movimentos responsáveis pelo dinamismo missionário para refletir sobre o tema: “Paróquia, rede missionária de comunidades”;

- Procurar formar o COMIPA considerando a necessidade de que seja representativo e dinamizador da missão na paróquia;

- Apresentar o COMIPA à comunidade paroquial nas celebrações dominicais, através de mídias sociais e/ou outros meios disponíveis;

- Realizar encontros frequentes com o COMIPA para entrosamento afetivo, vivência espiritual, formação, planejamento, avaliação e celebração;

 

DIOCESE DE UBERLÂNDIA

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES

 

- Realizar suas atividades em sintonia com o COMIDI e com o Plano Diocesano de Pastoral;

- Buscar agir do modo transversal (perpassando todas as instâncias da paróquia), englobante (envolvendo a todos) e envolvente (dinâmico);

- As ações do COMIPA sejam articuladas e realizadas a partir do método VER, JULGAR, AGIR, AVALIAR, CELEBRAR.

- Avaliar a ação missionária e sua repercussão no crescimento da fé e na participação comunitária dos paroquianos;

- Elaborar material de formação missionária paroquial e de sua divulgação;

- Representar o COMIPA no COMIDI e nas Áreas Pastorais da Diocese

 

COMIPA - Comissão Missionaria Paroquial Nossa Senhora das Dores

2- MISSÃO DO COMIPA

 

Como a Missão primordial da Igreja é ser Missionária, a criação do Conselho Missionário Paroquial, com discernimento evangélico e a partir do encontro com Jesus Cristo, permitirá o avivamento do espírito missionário da ação pastoral, promovendo atitudes e

iniciativas de auto avaliação e coragem para mudar o que é necessário, visando à conversão pastoral e a renovação das paróquias.

 

DIOCESE DE UBERLÂNDIA

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES

 

Dentro desta perspectiva, o COMIPA é um organismo que impulsiona de forma permanente a ação missionária paroquial. Sua estrutura de recursos humanos é formada por um grupo de pessoas que animam consciência missionária na paróquia, visto que a dimensão missionária deve iluminar toda a sua reflexão e ação e perpassar todas as suas estruturas e grupos existentes. Não é uma nova pastoral ou movimento, mas trata-se de um instrumento de reorganização da mentalidade paroquial.

O COMIPA torna-se uma referência do aspecto missionário na paróquia, o estimulo permanente a fim de que a paróquia viva seu compromisso com o anúncio do Evangelho como dimensão essencial da vida da Igreja. Sua existência está fundamentada em articular a dimensão missionária na paróquia, fortalecendo sua organização e ação.

5- FINALIDADES:

 

O COMIPA deve assumir uma dupla missão:

✔ Dentro da paróquia: despertar, motivar, manter viva e levar todos os grupos, movimentos e as pastorais à sua responsabilidade missionária;

✔ Fora da paróquia: fazer sair do recinto paroquial e chegar a todas as pessoas abandonadas pela paróquia e àquelas que sua pastoral ordinária não consegue atingir.

 

Para atender a tais propósitos o COMIPA se reveste das seguintes finalidades:

- Integração dos agentes e unidade na ação missionária;

- Desenvolvimento de uma consciência missionária no âmbito paroquial;

- Reaproximação dos católicos afastados da Igreja;

- Despertar a população jovem para os valores religiosos;

- Discernimento evangélico nas ações e promoções paroquiais e comunitárias para que sejam ações de promoção de vida e de paz;

- Fazer com que a dimensão missionária norteie as pastorais e movimentos, zelando para que suas promoções comunitárias favoreçam sempre a transmissão da fé e o testemunho de vivência cristã;

 

DIOCESE DE UBERLÂNDIA

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES

 

- Informar sobre o andamento das atividades da Ação Missionária da Diocese.

- Animar a ação missionária paroquial em todas as comunidades de fé.

 

8- RECURSOS MATERIAIS

 

Bíblia, documentos da Igreja (Documento de Aparecida, Diretrizes Nacionais de Evangelização, Diretrizes Diocesanas), Manual de visitação, “folders”, mapas, vídeos, “data show”, textos de divulgação.

 

9- PLANO DE AÇÕES

 

O COMIPA estabelecerá um plano de ação anual, a ser submetido à aprovação da Coordenação da Ação Missionária.

 

Data da Criação do COMIPA 10/11/2020

Mês Missionario COMIPA
Tema: Jesus Cristo é missão
Lema: “Não podemos deixar de falar sobre o que vimos e ouvimos” (At 4,20)

As Pontifícias Obras Missionárias (POM) têm a responsabilidade de organizar a Campanha Missionária, realizada sempre no mês de outubro desde 1972. Colaboram nesta ação a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por meio da Comissão Episcopal para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial, e outros organismos que compõem o Conselho Missionário Nacional (COMINA).

 

“Jesus Cristo é missão” foi o tema escolhido para o mês missionário, cuja inspiração bíblica é “Não podemos deixar de falar sobre o que vimos e ouvimos” (At 4,20). O novo contexto da pandemia que se estende de forma prolongada, evidenciou e ampliou o sofrimento, a solidão, a pobreza e as injustiças de que tantos já padeciam.

 

Desmascarou nossas falsas seguranças e desnudou nossa fragilidade humana.

 

Motivados pela Mensagem do Papa para o Dia Mundial das Missões, a Campanha Missionária de 2021 destaca o testemunho de missionários e missionárias da compaixão e da esperança: “Neste tempo de pandemia, perante a tentação de mascarar e justificar a indiferença e a apatia em nome de um distanciamento social saudável, a missão de compaixão é urgentemente necessária por sua capacidade de fazer desse distanciamento recomendável uma oportunidade de encontro, cuidado e promoção.” (Papa Francisco).

 

Os missionários e missionárias da compaixão e da esperança são pessoas anônimas que estão na linha de frente neste contexto de pandemia: profissionais da saúde, famílias enlutadas com testemunho de esperança, populações em situação de rua e abandono, migrantes indígenas, educadores, o mundo do trabalho, a solidariedade universal além fronteira e a campanha “Amazônia precisa de você”, realizada no primeiro semestre de 2020.

 

Como gesto concreto, em todas as Igrejas do mundo, realiza-se nos dias 23 e 24 de outubro a coleta missionária, destinada de forma integral para a missão da compaixão. Oitenta por cento dos recursos são enviados à Congregação para Evangelização dos Povos que faz circular um fundo universal de solidariedade, mantendo 1.050 dioceses nas periferias mais necessitadas do mundo.

 

Os vinte por cento restantes ficam no Brasil e mantém os trabalhos das Pontifícias Obras Missionárias, compondo uma rede mundial de oração e caridade a serviço do Papa e da Missão da Igreja. 

Cartaz_cm2021-1-scaled.jpg

CADASTRE SEU E-MAIL

E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS